.

quinta-feira, 21 de março de 2013

NAIFS BRASILEIROS DE HOJE



















 
 




Título de um dos livros do saudoso colecionador Lucien Finkestein, fundador do MIAN Museu Internacional de Arte Naif do Brasil.

 “Naifs Brasileiros de Hoje”, Nome que deu origem a um grupo de artistas Naifs, unidos pelos mesmos ideais, divulgar Cultura e Arte Brasileira.

Pintores natos, verdadeiros contadores de histórias. Numa visão ingênua desenvolvem uma  temáticas sempre voltada  aos costumes, folclore e tradições da nossa gente.

Buscam no seu inconsciente,  uma realização pictórica de expressar os seus sonhos, fazendo deste momento uma realidade substancial, onde o expectador é o complemento final da obra.

Ser Naif é ser verdadeiro, é despir-se dos véus do academismo, é ser autêntico em suas criações, é navegar no mundo do imaginário sem limite, é saber colorir o seu próprio mundo, onde é possível viajar nas asas do vento, andar sobre nuvens cor de rosa e criar suas próprias flores.

Ao som da flauta e violão de Rita e Luciano, no último dia 07 de março, aconteceu  no Espaço Cultural do TRT- Tribunal Regional do Trabalho, 1ª Região, a vernissage da Exposição" Naifs Brasileiros de Hoje" .

Os artistas Ana Camelo, Berenic, Dalvan, Ermelinda , Helena Coelho e Helena Rodrigues,  ofereceram um coquetel onde receberam  amigos e convidados numa noite festiva. A exposição mostra mais de 50 obras , uma festa aos olhos dos apreciadores da Arte Naif .

Naifs Brasileiros de Hoje, vencendo adversidades e preconceitos, trilham na luta pela conquista de espaço no cenário Cultural e Artístico Brasileiro.

 

Berenic

 

 

 

 

2 Comentários:

Postar um comentário

<< Home